Dedicado

A Fábula de Bolama

Em memória do meu irmão que partiu....
 
QUANDO NO VAZIO DA VIDA
ME CONTASTE AS TUAS MÁGOAS
SÓ SENTI
EM MEU CORPO
E NAS VEIAS ARDENDO 
O CALOR TÓRRIDO 
DE TUAS ENCOSTAS 
CASTIGADAS PELA MARESIA SALINA 
DOS TEUS SELETOS BEIJOS
E NUMA ÂNSIA PLENA
CONTIGO FICO INSUSPEITO
NAS MINHAS FÁBULAS E DESEJOS
CANTAROLANDO FELIZ 
A IMENSA PAZ
DA MINHA ALMA VADIA REENCONTRADA

Mariana

Mariana andava

Andava pela rua

Mariana olhava

Olhinhos de lua

Mariana sorria

Linda e toda nua

Seus olhos viam o presente

Seus ouvidos, ouviam o passado

Era sempre sorridente e amava frango assado.

Voa

Voa meu amigo.

Sei que estás a voar meu amigo que partiste!

É o vento que te leva, são as estrelas que te guiam e é o sopro da tua bondade que te eleva mais alto.

A tua inquietação serena tudo pode e consigo ver-te onde estás porque ainda hoje posso sentir-te como te sentia.

Voa de mar em mar como eu quero voar de céu em céu, voa até nunca chegar, assim vais viver eternamente dentro de todos os que não te esquecem meu amigo.

Voa

Pages