Oseias Faustino Valentim1

Oseias Faustino Valentim1

Offline
Última vez online: 1 ano 11 meses atrás
Membro desde: 24/06/2015 - 03:28
Pontos: 780

Género

Idade

Cidade

País

BR Brazil

Tipo de Membro

Sobre mim

Sou formado em História pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL, casado, pai de um filho, nasci em Porto Alegre, em 1974, mesmo ano em que uma terrível enchente devastou a cidade de Tubarão no Estado vizinho Santa Catarina, onde meus pais anteriormente moravam. Minha  família mudou-se para o Rio Grande do Sul antes da catástrofe ocorrer e eu (este que vos escreve) nascer. Acontecimento que levava o menino (eu em outro tempo) a pensar: “se não tivessem se mudado será que eu nasceria? Como seria?” Vivi a maior parte da infância e juventude na minha cidade natal, e também, em Viamão, cidade próxima a Capital Gaúcha. Em Viamão, nos meus aproximadamente cinco anos soube que um menino de minha idade (amiguinho que não recordo o rosto) tinha sido atropelado por um ônibus e morrido próximo de minha casa. Esse fato doloroso me levou e motivou a questionar sobre a morte e a realidade, mesmo com tão pouca idade. “Para onde foi meu amiguinho? Morrer é assim? Ser esmagado e sumir!” Pouco tempo depois desse acontecimento, uma tempestade destruiu a casa humilde onde minha família morava, vi o telhado inteiro voar, um barulho forte e ensurdecedor, o vento destruía tudo! Minha irmã saiu do banheiro com o rosto coberto de sangue, pedaços de alvenaria tinham caído sobre ela, minha família conseguiu se abrigar na casa de um vizinho. Mais uma vez, os questionamentos surgiam: “porque Deus faz isso?” Ainda criança, a família foi morar em Porto Alegre num bairro violento, na casa meu pai encontrou punhados de agulhas de usuários de drogas, nos ralos do banheiro. A escola era um “reino de violência”, sempre meditava sobre o comportamento dos alunos, os abusos, as agressões entre estudantes, a não aprendizagem... A forte convicção religiosa de meus pais me ensinou e protegeu contra todas as armadilhas de viver num lugar violento, também  incentivou-me para a leitura, ao ser alfabetizado, iniciei a leitura da Bíblia, quando cheguei no Livro de Oséias, mais questionamentos: “o Oséias da Bíblia casou com uma prostituta e foi Deus que mandou?”.

Obras literárias

Conteúdo do membro

Título Género
Ser, Nascer, ser, saber...
02/01/2016 - 17:05
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 469
Comentários: 0
Brincando de Inventar Conceito..
02/01/2016 - 17:01
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 417
Comentários: 0
Palavras e Preconceitos...
02/01/2016 - 16:58
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 376
Comentários: 0
Aviso atemporal!
02/01/2016 - 16:55
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 374
Comentários: 0
Fábrica de Ilusões!
02/01/2016 - 16:53
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 317
Comentários: 0
A História é ou Não é uma Ciência?
02/01/2016 - 16:50
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 316
Comentários: 0
Foto Palavras
02/01/2016 - 16:38
Oseias Faustino...
Fotografia
Leituras: 548
Comentários: 1
Eis A Porta!
02/01/2016 - 16:34
Oseias Faustino...
Fotografia
Leituras: 375
Comentários: 0
VAGINA AO NATURAL
02/01/2016 - 16:31
Oseias Faustino...
Fotografia
Leituras: 525
Comentários: 0
Haikai, ou tentativas...
11/12/2015 - 03:57
Oseias Faustino...
Poema
Leituras: 476
Comentários: 0

Pages

Subscribe to Conteúdo do membro