eu te dispenso

Eu dispenso o gosto da tua boca, que adoçava a minha, Para que adoce a de outra. 
Ate por que não poderei te dar nada mais que a angustia de assistir ao meu necrosar por depressão. 
Porem, a tua presença é como uma luz que destrói a escuridão que se esfrega em meus olhos. 
eu sinto! Eu sinto que meus olhos só não se fecharam ainda por que olham para os teus toda manhã.
quero que se afaste de mim, pois a minha alma esta mais necrosada que meu corpo.

quero que se afaste de mim, pois quero que lembre somente do que eu era, e não 
do que restou dentro de minha carcaça podre.
Eu te dispenso, e quero que encontre outra pessoa. Outra pessoa que seja melhor do que eu fui
Mas saiba sempre que não há amor maior que o meu, porque tatuei a tua face em minha memora.

vá. Vá e me deixe aqui deitado contando as estrelas, e lembrando teu rosto 
não quero que me veja segurar a manta da morte ou dando o ultima suspiro
Mas você será minha mais que de qualquer um.

 

Género: 

Comentários

Oi amigo! Dá uma editada na publicação porque não está dando pra ler direito...