Primeira Transfiguração

 

Aquilo que meus olhos veem me leva para lugares onde nunca quis estar.

O que são essas flores? Quem são essas pessoas? Por que continuam aqui?

A tristeza é suportável, mas me dói tanto...

Contudo, seguro minha solidão como uma coluna que tarda em desfalecer.

Me sinto como se o chão estivesse confuso e turvo, como o lodo de um pântano.

Pelas altas horas, me vejo atravessando lugares que não visitei.

Guardarei comigo aquilo que me fere.

Tratarei com cortesia e paciência.

Tomarei cuidado para que não machuque aqueles que nada podem sentir.

Aos poucos, a beleza das coisas se tornará una, como numa dança onde os movimentos se confundem.

Ame. Acima de tudo, ame.

E assim começa a arte dos pacientes.

Género: 

Comentários

ADOREI!!!PARABÉNS!!!!!

Muito obrigado, Jamila. Ainda hoje pretendo postar mais um poema. Espero que o aprecie também. Beijos

"Aos poucos, a beleza das coisas se tornará una, como numa dança onde os movimentos se confundem."

 

A sabedoria das palavras aqui esculpidades, transcedem a normalidade do que

se é visto matematicamente.

Teu estilo poético é impar.

 

Ronilda, receber os teus comentários não é apenas um incentivo, mas também é per se uma belíssima crítica poética. Fico honrado com tuas palavras, e em breve terei um livro, e caso um dia o veja, espero que o aprecie tanto quanto aprecia estes versos.

Saudações, poetisa.

um belo peoma filosofico, sempre lembrarei deste, não se esqueça de rele-lo tambem 

Realmente, ele tem esse tom filosófico.

Adorei...Parabéns..

Muito obrigado, Emanuel

Parabéns pelo seu trabalho, grande abraço!! Se puder faça uma visita para conhecer-me!

Olá Dimitri, agradeço muito seu contato, e irei ler você sim. Será um prazer conhecer você. Abraços, Rhodys

Pareceu-me mais pessoal 

uma confidência

o tipo de poema que costumo escrever

 

Fala de altruísmo:

"Tratarei com cortesia e paciência.

Tomarei cuidado para que não machuque aqueles que nada podem sentir

(...)

Ame. Acima de tudo, ame.

E assim começa a arte dos pacientes" 

 

Gostei muito!

 

Abraço

Magna

Ame acima de tudo! AME! Amando mais que ser amado, é doloroso!

Mas é consagrado!

Um grande abraço e beijo no seu coração!

Ely Paiva's picture

Deu pra sentir o sentimento...

se escrever profundamente

deve ter ficado bem triste na hora em que escreveu

pra expressar  o sentimento...

acho que senti.....parabéns.

Realmente ele é bem mais melancólico do que os atuais. Esse foi um dos primeiros poemas que escrevi.

Ely Paiva's picture

Ficou muito bom...

 

Boa Tarde!

Lindissima poesia, reflexiva, alinhada as mais bonitas que que lí. Parabens. Não é por acaso que você é um Campeão em leituras, para o público. 

Abraços

Billy Brasil

Muito obrigado, Billy! Admiro bastante seus trabalhos e receber uma boa crítica sua é uma honra! Abraços

ver beleza em todas as coisas, inclusive na dor

algo me apela a este poema ,á sua extrutura e a cada escolha de palavra

gosto da sua escrita, abraço

se quiser veja algo meu tambem

recneps

 

Relebrando, comentando e sentindo novamente tudo! "A solidão não vem sozinha, sempre trás a tristeza com ela"...

Abraços!

M.C.R.

Que poema brilhante!