um palácio transcendental

inscrevo na memória as contingências que me traumatizaram com palavras mudadas em versos na crosta duma motivação que explora a formosura: é a criatividade que vai demolindo todas as barragens que me atordoam; é o raciocínio que vai limitando a frágil praça das minhas emoções.

Género: