O encadiamento mais importante

 

 

Ser ou permanecer tranquilo nas maiores desgraças!

 Como manter a calma num naufrágio sabendo o seu derradeiro e inevitável ?...

 Como adormecido num incendio, imperturbável num terremoto...

E para quê tanta aflição tantos temores se quem tem de ir vai e ficar fica,

 Esforcemo-nos então por morrer bem!

 Ou dignamente e sem lamentos,fosse isso assim possível?

Heroicamente como guerreiros talvez com um grito pois que belo tem isso de padecer e morrer calado,choramingando ou extenuados e doentes,

 Que luta essa de durar tanto por tão triste fim,se a vós mesmo dais pena,lutem sim por viver mas vida que valha a pena e não pena de viver!

Amor esse a quem todos devemos a Vida,esforcemo-nos por a merecer e lutemos por um seu apreço que nada há que mais valha nem ouro nem dinheiro,nem honras nem poderes,é sim a verdadeira e real guerra deste mundo!

De uma passada firme,qual bater de um relógio sem pressa nem demora sem ansia nem memória,regular maquinal anunciando o futuro aqui e agora!

Que apesar de modesta origem e de principio imperfeito nasce luz para quem quer ver.Retifico não para quem quer mas para quem pode,luz que ilumina de forte até poder cegar,tristes designios para quem faz luz mas não para si!

Mas então aprenderemos todos,e que ninguém que proteste contra tão grande conhecimento,que percebamos todos quem somos donde viemos e para onde vamos,porque erramos e de que ferramentas tiramos nós tanto conhecimento....

Ferramentas para um real autoconhecimento como cuidar delas para que as mesmas cuidem de nós e a quem confiá-las como perseverar,tantas perguntas surgem procurando estas outras tantas respostas que se geram a nossa volta directa ou indirectamente.

Questões essas que nos educam,quem então será nosso professor? E nós que bem podemos ser um nada e aspiramos a uma compreensão de tudo,somos sim um nada,nada com todos ou mesmo nada a sós.

Pensamos nós por vezes demasiado quando deveriamos sentir e sentimos quando deveriamos pensar e tantas outras energias sem sã direcção somos seres frágeis com capacidades ,com essas emoções que tanto permitem sentir verdadeiras idílicas euforias e ao mesmo tempo sinceras e racionais leituras da realidade quão duras e profundas feridas podem estas mesmo ser,como tanta informação pode trazer dôr ao invés de a apaziguar.

E se somos todos seres portadores de mágicas dualidades que podemos nós fazer com estes poderosos conhecimentos,fará então sentido provérbios de "" Dá Deus nozes a quem não tem dentes e dentes a quem não tem nozes. "", tudo para que nos amemos para que partilhemos nós aquilo que julgamos possuir, que afinal somos meros veiculos ou donos temporários possuidores de aquilo que julgamos ter,das coisas materiais ás invisiveis da informação que circula nas nossas cabeças,quando deixaremos nós de nos negarmos ao ponto de prescindirmos do que temos o que somos e nos esquecermos e sermos assim mais completos e mais livres só assim aspiraremos ao mais importante bem,e o que é o mais importante?

O mais importante para mim é ser verdadeiramente feliz!

Género: 
Declamador: 
Você votou 'Gosto'.