Spoken word: Imortais – Os “INIMIGOS”

Ele olhou para ela com os olhos chispando e
um meio sorriso incendiado nos lábios


Ela assoprou-lhe ao longe uma letra que
desenhou invisível no ar e virou-lhes as costas,
Deixando atrás de si, o rasto da risada feliz,
de quem apesar de ter mil anos nunca ia crescer.

Ele esticou a mão, colheu a invisível letra, e com o
punho fechado a beijou, guardando a mão na algibeira.

Olhou mais uma vez o vulto dela que desaparecia
iluminada no som bipolar.

Girou o corpo e seguiu o caminho contrário,
a cada passo determinado, um maior avanço

E já bem distante olhou para trás pela última vez
sem lamento,
enfim deixou espalhar pelo ar sua
própria risada,n’um impulso!
Retirou a letra da algibeira,
e logo o universo testemunhava o milagre
de novas estrelas nascendo

O riso deles dois entrelaçados, seguindo
para além da fronteira do tempo.

Sem nome

Sem idade

Sem morada

Sem destino
 

Eles seguiam caminhos separados,
unidos pela alegria de apenas saber que isso

não tinha de facto importância alguma.
 

O que prevalecia era e é a história que
fez e faria para todo o sempre
à boa e inegável diferença.
.
.
.
.
Deles...
Os Imortais:
.
.
.
.
 
“INIMIGOS”
 
 

Ronilda David/Loubah Sofia – Alma Feita De Ti
 
Género: 
Declamador: 
Você votou 'Gosto'.

Comentários

Sem as fronteiras do tempo,

toda a criação pode ser testemunhada num simples pestanejar

- e o sentido da vida é profundamente alterado.

 

Apreciei a declamação!

 

Saudações!

 

_Abílio!