Direitos de autor, Preço do Livro e Tiragens

Q: Qual é a duração do contrato?

R: O contrato será válido por um período aproximado de 2 anos.

Q: Quais os direitos de autor a que terei direito assinando contrato convosco?

R: Os direitos de autor serão pagos em livros. Por cada 200 exemplares vendidos o autor receberá 40 exemplares de oferta.
10% é o direito internacional do autor. Ou seja, autores em todo o mundo, é isso que auferem. Mesmo os mais consagrados. Só em casos de autores que vendam milhões conseguem contratos diferentes.

A nossa editora está a oferecer 20% de direitos em Livros.

É Justo? Pensemos no livro em si: 30 a 40% são para as livrarias. 6% IVA. 10% gastos de correios e consumíveis. A estas despesas acrescenta o IRS anual, os transportes e acima de tudo o preço de impressão das gráficas. É o pagamento possível.

Editar Poesia é complicado pois não é um género literário muito vendável. Por isso a maioria das editoras não só não paga, como cobra aos autores mais de 1000€ para verem a sua obra editada.

Q: Quando recebo os meus direitos de autor?
 

R: Cada vez que venda 200 exemplares, no prazo de um mês, receberá os seus 40 exemplares de oferta.

Q: Porque razão é que o autor só recebe email àcerca de vendas quando vende mais 200 exemplares?
 

R: Representamos neste momento já quase um milhar de artistas.
Burocraticamente é impossível fazer contas com todos, todos os meses.
Temos autores que vendem muito, mas também autores que vendem pouco.
Na nossa óptica se estamos a falar de euros é justo que o autor os ganhe, se estamos a falar em cêntimos é apenas uma formalidade sem sentido.

Q: Como posso saber se a editora cumpre as suas obrigações e não me engana com as vendas?

R: Tudo na vida, para avançar, é baseado na confiança mútua entre as pessoas.
No caso de um autor se sentir enganado tem o contrato que o protege.
Todas as empresas são obrigadas a trabalhar com programas de facturação. Os mesmos são praticamente impossíveis de adulterar. No caso de intervenção legal a editora seria obrigada a mostrar todas as facturas respeitantes ao período de vendas do livro do autor.
O autor pode por isso estar descansado nessa matéria.

Q: Qual será o preço do meu livro em Papel?

R: Os nossos livros têm o custo de 15€ por unidade na Europa e de cerca de 45 reais no Brasil.

Q: O preço do livro não será caro?

R: Na nossa perspectiva não.

A Poesia raramente é fenómeno de milhares. Por isso e para que os nossos autores se eternizem preferimos apostar em acabamentos de luxo. Temos livros que durarão décadas. Quem os comprar terá prazer em tê-los em destaque nas suas casas e assim serão vistos por muitas mais pessoas.

Fazendo pequenas tiragens torna-se impossível ter livros mais económicos. A não ser que fizéssemos livros de fraca qualidade e isso não fazemos.

Não obstante o disposto anteriormente se visitarem uma livraria verão que os nossos livros não têm preços muito diferentes de outros. E sendo de capa dura até são mais baratos que os seus semelhantes.
Excepção a isto são os livros a preço de saldo. Isso acontece em três hipóteses: livros que não tiveram grande “saída” e que as livrarias têm de vender seja pelo preço que for. Restos de edições. Livros feitos em larga escala ou em países do 3º mundo explorando mão de obra barata.

Q: Qual será o preço do meu livro no formato ebook?

R: A venda do seu livro, para todo o mundo, em formato "e-book" será de apenas apenas 5,99€ na nossa loja www.poesiafaclube.com/store

Q: A editora oferecerá livros aos autores?

R: Não. Editar Poesia é um negocio de risco e que tem de ser muito bem gerido. As despesas inerentes são elevadas. Lamentamos mas é-nos impossível oferecer livros.