Que um dia

Que um dia

 

Ai este vento,

Este vento que me empurra

Que me gela, que me esmurra

Que parece desigual.

É o vento frio de norte,

Mas que espero traga sorte,

Quando chegar mais frugal...

É vento de Portugal,

Levantando areia fina,

É um vento que me ensina,

Aonde devo parar.

Vento que bate no mar.

Que o faz ondular,

E que me faz pensar

E sonhar,

Que um dia...

Nas pausas,

Desta vida,

Dura

Te poderei encontrar.

Género: 
Você votou 'Gosto'.